Andradina

ANDRADINA APONTADA EM ROTAS DE VENTOS ACIMA DE 100KM/HORA

VENDAVAIS E CICLONES SÃO PROVOCADOS PELO “LA NINÔ
Os vendavais são características do fenômeno El Ninã que começaram ser mais observadas na região Noroeste a partir de outubro do ano passado. Verão com jeito de inverno. É isso que estamos sentindo em Andradina faz algumas semanas.
Grandes amplitudes térmicas, que são a diferença entre temperatura mínima e máximo no mesmo dia ultrapassam 10 graus.O fenômeno El Ninõ provoca altas temperaturas e maiores quantidades de chuvas. O fenômeno El Ninã provoca queda na temperatura nas camadas inferiores da atmosfera, que no contraste entre quente e frio desandam fenômenos como grandes rajadas de ventos em meio a tempestades que se transformam em ciclones extratropical.
Em toda região começaram ser vistas tempestades de areia, com cenário assombroso em muitas cidades. Uma consequência das ventanias de baixa temperatura que também se movimento mais próximas ao solo.
Em Andradina, no dia 2 de dezembro de 2021 foi quando se deu um destes registros de vendaval com tempestade que provocou enchentes, destelhamentos, interrupção de energia e outros prejuízos decorrentes do deslocamento das telhas e de grandes danos com prejuízos domésticos com inundações em vários pontos da cidade.
O Google informou essa semana que Andradina estava na rota de ventos com altíssima velocidade, entre 80 e 120 quilômetros por hora, ainda com riscos de chuvas e enchentes provocadas pelo grande volume de água em pouco tempo. Para a agricultura e pecuária, o ideal seria que as chuvas fossem tranquilas com precipitações mais lentas e demoradas.
Fotos ilustrativas de residências em Andradina que sofreram com os vendavais e inundações.

 

Tags