Andradina

POSSIBILIDADE DE ALTERNÂNCIA DA DIREÇÃO DO ANDRADINA TÊNIS CLUBE – ATC

• Antônio José do Carmo
Jornalista
A próxima eleição da diretoria do Andradina Tênis Clube se prenuncia com certa semelhança à eleição para a diretoria do Sindicato Rural. A eleição será dia 5, domingo, na sede do ATC.
A chapa tradicional concorre com uma chapa que fala em renovação. Entre 18 integrantes, apenas 4 veem de gestões anteriores. Os demais são novatos de organizações coletivas, com sangue nos olhos, pedindo espaço para assumir e fazer as coisas diferente.
O perfil de associados do Andradina Tênis Clube vem mudando conforme nova acomodação que o Brasil foi tendo nas camadas sociais. A distância entre classe média e a chamada classe assalariada, entre os micro-empresários ou produtores rurais se tornaram menores.
Há um novo público bem sucedido na nova sociedade andradinense e que pretende ocupar os principais espaços de decisão e controle. O respeito ao direito do contraditório não deve ser cartorial e a disputa deve ser pelo voto dos associados.
O grupo dominante tem a seu favor as reformas e investimentos, mas que também são motivos da oposição. Chama a atenção pela beleza externa e interna do clube, com quadras para esporte contemporâneo.
Mas o acesso a área de recepção para festas e eventos familiares, tem limitação de uso anual que levaria décadas para que todos os associados tivessem acesso.
Em resumo está em discussão o emprego do orçamento do ATC, de aproximadamente R$ 2 milhão, em obras e a utilidade das mesmas. Os custos e abrangência de acesso à maioria dos associados são fatores em análise. Os investimentos, que coincidem com aumento no preço das mensalidades, estão sendo mais investigados porque segundo a chapa de oposição, atendem interesses de uma minoria. A chapa da renovação tem como foco principal da campanha, a “transparência”, que ironicamente custou R$ 70 mil com a instalação do muro de vidro.
O ATC é um patrimônio histórico de Andradina. É importante que a democracia escolha os melhores e que os mesmos tenham exata consciência de que além dos associados, há uma história que vai desde a natação até a convivência, os eventos e encontros que marcaram épocas na cidade, na região e no mundo já que foi do ATC que saiu o recordista mundial dos 400 metros medley.
Em tempos de distanciamento social, toda chance de encontro presencial passou a ter grande importância pela procura. Talvez por isso os associados que estavam meio distantes, resolveram dar as caras.
Só a título de registro, o vereador Careca, no exercício da presidência da Câmara e na homenagem ao doutor e pesquisador Willian Dourado, disse que foi demitido do ATC, onde trabalhou durante 30 anos “injustamente”.T